O melhor guia de observação de animais silvestres e interação segura.

Iguana-verde - Interação segura

Observei que esses lagartos são muito rápidos e procuram sempre fugir, mas quando acuados, entram em estado defensivo, golpeando com a cauda. Porém quando agarrados pelo dorso, entram imediatamente em um estado quase de catatonia, ficando extremamente calmos. Em um outro mecanismo de defesa eles soltam a parte final da cauda, que fica se movimentando agitadamente, assim eles criam uma oportunidade para fugir enquanto o “predador” se distrai com seu pedaço de carne de lagarto, por isso não se deve agarrá-los pela ponta da cauda.

Os iguanas das fotos foram pegos na zona centro-sul da cidade de Manaus-Amazonas. O adulto tinha cerca de 1 metro de comprimento, e aparentava estar bem saudável. Depois de tirar as fotos, foram devolvidos para as árvores próximas ao local onde foram encontrados.

O terceiro lagarto fotografado, não apresentou quase nenhuma reação defensiva quando pego, estava muito magro, com escamas eriçadas, crista caída e coloração opaca. Provavelmente estava sofrendo por causa de escassez de alimento e desidratação devido ao corte das árvores onde viviam. Nesse caso, levei-o para o Bosque da Ciência do INPA, onde um veterinário do instituto o recebeu.

Iguana-verde (Iguana iguana)

São reconhecidamente lagartos de grande porte, podendo medir até 1,80 m de comprimento e pesar até 6 kgquando adultos. Estes animais apresentam estruturas corporais bem características, entre elas (i) uma crista parecida com espinhos ao longo do dorso e da cauda, (ii) uma escama grande e arredondada abaixo dos tímpanos e (iii) uma prega-gular bem desenvolvida.Apesar do tratamento dado ao nome, a coloração da iguana-verde pode apresentar diversas variações. Geralmente os jovens assumem uma coloração verde intensa e, à medida que se aproximam da fase adulta, assumem colorações que variam do verde acinzentado ao cinza avermelhado, algumas vezes com listras verticais escuras distribuídas ao longo do corpo e da cauda.